Skip to content Skip to footer

2º Workshop DeepEyes

[trx_title align=”center” color=”#000000″ top=”null”]

2º Workshop DeepEyes

[/trx_title]


O 2º Workshop DeepEyes foi realizado no Campus da UFMG em 03 de outubro de 2016. Contando com cerca de 70 pessoas, incluindo pesquisadores como Larry S. Davis (Universidade de Maryland), François Bremond (INRIA), Eduardo Valle (Unicamp), Sandra Ávila, Filipe Costa, William Robson Schwartz (UFMG), foram apresentados e discutidos avanços alcançados no ano anterior do projeto em problemas como detecção de falsificação em imagens e vídeos digitais, detecção de cultivos ilegais de imagens de sensoriamento remoto, desenvolvimento de técnicas para identificação humana com base em informações faciais e análise de atividade de vídeos digitais. Foi uma grande oportunidade para trocar idéias e iniciar novas colaborações com pesquisadores nas comunidades de vigilância por vídeo e computação forense.

As atividades criminosas podem variar em complexidade e escopo, mas estão espalhadas na sociedade. Com o desenvolvimento tecnológico, os crimes se tornaram mais sofisticados e não apenas afetaram o mundo físico, mas também o mundo virtual. Devido às inúmeras maneiras pelas quais as atividades ilegais podem ser realizadas, nossa sociedade precisa buscar novas técnicas para resolver e prevenir tais atividades. Para tanto, necessitamos de critérios objetivos para identificar características nas cenas de crimes ou impedir que os crimes aconteçam tomando medidas efetivas por meio de vigilância eletrônica. Diante de tais desafios, este projeto, patrocinado pela CAPES e dentro do Programa Pró-Forenses, tem como objetivo o desenvolvimento de algoritmos de computação visual e de aprendizado de máquina relacionados à computação forense e à vigilância.

Leave a comment