Câmeras Ativas

Ao contrário das câmeras fixas, limitadas a uma visão estática da cena, as câmeras ativas são capazes de mudar sua visão por meio de, por exemplo, rotação (panorâmica e inclinação) e zoom. Câmeras com esses recursos específicos são conhecidas como câmeras PTZ (pan-tilt-zoom) e são amplamente utilizadas na vigilância para visualização e rastreamento em condições dinâmicas. Ao mudar para um alvo e ampliá-lo, as câmeras PTZ podem capturar detalhes refinados, como rosto e mãos. No entanto, concentrando-se em um alvo específico, a visão geral da cena pode ser perdida. Isso pode ser resolvido observando várias visualizações, combinando câmeras fixas e ativas. Coordenar essas câmeras de maneira robusta continua sendo um problema desafiador.

A coordenação de câmeras pode ser abordada de maneira robusta por meio de aprendizado de máquina. Essa abordagem aprende um mapeamento de cada região na visão da câmera fixa para uma panorâmica, inclinação e zoom na câmera ativa. Dessa maneira, quando um alvo é detectado na visão geral da cena observada pela câmera fixa, a câmera ativa pode ser instruída a fornecer um zoom de alta resolução naquele alvo, uma vez que um pan, tilt e zoom adequado para este enquadramento foi aprendido durante seu estágio de treinamento. Essa abordagem baseada em dados requer apenas dados de treinamento, dispensando tarefas mais trabalhosas e propensas a erros, como a calibração da câmera.

Software

Related Publications

Renan Oliveira Reis; Igor Henrique Dias; William Robson Schwartz

Neural network control for active cameras using master-slave setup Inproceedings

Em: International Conference on Advanced Video and Signal-based Surveillance (AVSS), pp. 1-6, 2018.

Links | BibTeX